1/20

HIGIENÓPOLIS - SÃO PAULO

EDFÍCIO Lausanne

2006

11   /   06   /   2023

ÍCONE PAULISTANO

Um dos mais representativos edifícios de arquitetura residencial do modernismo paulista. O Edifício Lausanne, projeto do arquiteto Franz Heep (autor de um grande número de edifícios na cidade de São Paulo - destacando-se o Edifício Itália) teve o seu projeto iniciado no ano de 1953, e o término de sua construção em 1958, período em que os apartamentos passaram a ser valorizados como moradia.

Edifício em uma única lâmina com dois blocos. Elevado sobre pilotis, apresenta um mural do artista plástico Clóvis Graciano, tendo como destaque principal a sua fachada composta por venezianas coloridas, criando um efeito dinâmico e alternância dos cheios e vazios.

Tombado em 1991 pelo CONPRESP - Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo, o edifício é dos mais tradicionais exemplares da arquitetura residencial do bairro de Higienópolis.

A reforma deste apartamento incluindo projeto e obra levou apenas 4 meses para serem executados pelo r2arquitetos. Como é da sensibilidade do escritório materiais como tacos de peroba e pastilhas foram recuperados; caixilhos originais e maçanetas foram mantidos e utilizou-se granilite na mesma cor das áreas comuns do edifício nos pisos das áreas molhadas que estavam muito danificados.

A reforma, estabelecida pelo novo programa, apresentou as seguintes demandas: transformação do terceiro dormitório em biblioteca; abertura da cozinha, articulando-a com as salas; reconfiguração da área de serviço e das instalações destinadas anteriormente à empregada (Quarto de empregada - transformado em escritório).